Ser cafona e sem graça, mas com toda a graça do mundo

domingo, 15 de agosto de 2010


Não uso drogas, não costumo me embebedar, não fumo cigarro, não chego de madrugada em casa nas poucas vezes em que saio.

Mas tenho consciência, tenho decência e não displicência.
É fato mais do que consumado de que fazer todas essas coisas seja considerada uma coisa super cool. 
Os jovens hoje em dia, procuram felicidade e diversão nos efeitos das drogas. Procuram solucionar os problemas ou apenas chamar a atenção, se embebedando... enchendo o cérebro de álcool.
Tenho 16 anos e sim, sou jovem. Já fiz essas coisas.. Mas felizmente aprendi que isso é tudo ilusão. 
Companheiros de copo não são os companheiros de uma vida. Dizer palavras bonitas e achar que todo mundo é bonitinho e amiguinho e depois erguer o copo de cerveja em um brinde é uma tamanha hipocrisia. 
A essência da amizade é tão mais que isso.. e sabendo disso, sei que essas diversãozinhas são um conto de farsas para nós adolescentes. 
Não, não posso finalizar. É preciso citar as "febres adolescentes" . 
Alguns nomes como: RBD, Menudo, BackStreetBoys, Restart, Junstin Bieber etc ... cada um em sua época fizeram a mente dos adolescentes (principalmente DAS adolescentes). 
Não tenho nada contra quem curte, porque afinal se eles fazem sucesso é porque são bons. Nem que sejam bons em pentear o cabelo ou em lançar moda, mas devem ser bons não é mesmo?
O negócio é que os jovens de hoje em dia não tem muita opinião. Acham que seguir a massa  ouvir o que todo mundo ouve, vestir o que todo mundo veste é mais cool e sensacional. 
Não tenho paixão por modinhas. A minha febre é VER todo mundo igual, com os mesmos gostos, com a mesma playlist tocando musicas de cantoreszinhos que possuem um cabelo legal. 
Sou cafona cara. Eu não bebo nem fumo nem uso drogas como já disse e na minha play-list não existe Justin Bieber e no meu guarda roupa não há calças coloridas.
Do Sexo Drogas e Rock'n Roll eu fico com o Rock'n Roll.
Pode me chamar de cafona por escutar The beatles, Ramones, Nirvana, Bob Dylan, Guns, e por não usar um nike SB todo colorido. Pode me chamar de cafona por não ter pelo menos um pôster de algum cantor internacional popzinho. Pode me chamar de cafona por não suportar a MTV ás seis horas da tarde. Mas pelo menos eu tenho opinião própria. Eu gosto do que eu REALMENTE gosto. E não do que os outros gostam. Eu me visto com as roupas que ficam legais em mim, e não com roupas que ficam legais nos cantores que eu gosto. (Já pensou eu com aqueles shortszinhos curtos e jeans do AXL rose, ou daquelas maquiagens dos integrantes do KISS??)
Mas mesmo assim, ainda prefiro que as bandinhas coloridas tenham mais fãns do que a lady gaga. 

Imaginem só se todo mundo resolvesse copiar os modelitos daquela diva...

2 mil comentários:

Bruna Rafaela disse...

está certa, não escuto Justin bieber, não tenho calças coloridas, e você não é cafona, sou assim também e me sinto como se fosse umas das poucas pessoas que tem juizo pra saber o que é bom de verdade, parabens;
http://brunarafaelaworld.blogspot.com/ tenho um blog se quiser dá uma olhada, obrigada. Beijos @brunarafaelam

Dessa Guimarães. disse...

eu fico muito feliz de saber que compartilho com o seu pensamento, eu, particularmente nem tenho paciência quando vejo essas coisas! os adolescentes de hoje são "ocos", não sabem da nossa cultura e nem nada, mais se você perguntar qual é o clipe nº 1 da MTV eles sabem dizer! é uma pena isso né ? A tv acaba com a cabeça dos "aborrecentes" hehe
beijos