A primeira vez

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Era a primeira vez que isso acontecia, e ele não tinha idéia de como começar.
Nem de como terminar,
Mas toda aquela espera havia terminado, agora era questão de minutos.
Ou segundos.
Ele se perguntava se seria realmente a hora certa... Ah, ele não sabia, não sabia!
Que não seja, mas já nao dava para voltar atráz.
Não tinha um retorno, a estrada era retlínea.
Um calor começou a percorrer seu jovem corpo, e a sua respiração
começou a ficar inconstante. Ele poderia comparar o que estava acontecendo
em seu estômago á borboletas voando lá dentro, mas do jeito que a coisa estava,
imaginou que poderiam ser morcegos.
Que seja, mas aquilo era realmente diferente. Sua cabeça girava, girava e no entanto
seus pés não saíam do lugar. E então, ela estava ali.
Intocada, linda, cheirosa, perfeita e nova.
Sim sim sim, era perfeita e linda !
Será que ele aprendera o bastante? Será que ele iria fazer certo?
Então ele decidiu que não poderia mais adiar aquilo.
Chegara a hora.
Correu até o cabide que a guardava e a pegou nas mãos. Sua linda e primeira gravata.
E tudo deu certo! Ele fizera um nó perfeito, e a gravata lhe caiu muito bem sobre o peito.
Agora ele não era mais um garotinho com camisas de gola.
Era um homem com sua gravata.


___
Não se assuste se você conseguiu imaginar OUTRA coisa.. a maioria imagina.. rs.

De cara limpa, e alma translúcida eu vos lhe falo companheiros.

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Já me perguntei diversas vezes, o motivo de eu ter ficado tanto tempo sem postar aqui. Sei que não posso me enganar com o clichê de "falta de tempo", realmente tempo é algo que não tenho muito (tenho tanto quanto você), mas mesmo assim eu tenho tempo de postar aqui cara, mas é que sei lá. Talvez seja a falta de ânimo mesmo, ou a preguiça. Tempo pra net eu tenho bastante, ainda mais para aqueles chamados suicídios virtuais (orkut, msn, facebook, fotolog, twitter), e por que é que para o meu tão estimável bloguinho confessante eu não tenho tempo? É, caro amigo, é culpa da merd* da falta do ânimo. Então vejam vocês.. em um dia como tantos outros, banhada em um tédio tremendo e morrendo de calor (ou sera algum tipo de menopausa precoce?), eu resolvi que escrever algumas palavrinhas desabafantes não iria me matar, e se eu conseguir realmente terminar o post é porque isso é verdade. 

Durante todo esse tempo que fiquei sem postar, muita coisa aconteceu na minha vida, o tempo passou, claro que passaria, levando as vontades, que voltam noutro dia.. é mais ou menos assim. E tanta coisa mudou, principalmente em mim, na minha personalidade, no meu modo de pensar, nos meus conceitos, nas minhas vontades, na minha forma de me relacionar com as pessoas, nos meus sentimentos, enfim, mesmo parecendo ser, ja não sou a mesma de antes. Isso ainda não está bem vizível para todas as pessoas que convivem comigo, na verdade são poucas as que de fato estão me conhecendo de verdade, descobri que me esconder de todos por traz de uma muralha, ou por tráz de máscaras, ou seja la qual for a denominação metafórica sobre ser o que não sou, bem.. descobri que não vale a pena. O que realmente vale a pena é ser quem eu sou, mas a parte mais difícil é essa, mas não impossível. Nesse momento de piração na minha vida por qual tenho passado, enxerguei que tenho ao meu lado as melhores pessoas do mundo, os melhores e mais fiéis amigos que algúem como eu precisa ter. Eles me entendem, me apoiam em tudo, acham que minha vida seja uma aventura, e gostam de mim, me amam, e eu amo eles. Isso é meigo, e eu não estou tão acostumada a demonstrar afeto pelos amigos em palavras, mas é bem por aí. 
Por mais piração que eu esteja enfrentando, por mais segredos que eu possa ter, e por mais perigos que eu possa passar todos os dias, eu não quero abandonar nada disso. 
Talvez o que eu esteja fazendo da minha vida seja o mais terrivel e infeliz erro que eu poderia cometer, mas prefiro acreditar que eu esteja apenas correndo atráz do que me deixa feliz, do que me faz bem. 
As pessoas insistem em comentar sobre a minha vida, cá entre nós, eu não acho que mereço tanta atenção assim, cara, sério mesmo, talvez seja os astros, leonina de nascença.. dai ja viu né? Mas quer saber? Eu juro que nao me importo, podem falar, comentar, aumentar, espalhar coisas sobre mim. Pior do que falarem mau de mim, é NÃO falarem de mim, então vai em frente. Aumente o meu IBOPE companheiro!! (:
E sabe aquele papo de ser boazinha? Cansei, ninguem merece minha bondade e nem eu mereço a bondade de ninguem. Sintan-se livres para ser maus ou bons, entre isso e aquilo eu fico com a PAZ meu irmao !
Só que é sério, boazinhas só se ferram, não quero acabar com o sonho encantado de ninguém, mas o mundo não é fácil para aqueles que são apenas bons. Seja esperto, seja esperta, tenha malícia e saiba jogar. Crie suas regras, e não se sinta na obrigação de seguir as regras da sociedade, o jogo é seu, o jogo é de todos.
Sendo doce e bom, você tenderá a somente atrair formigas, e obesos. (tenso). 
Uma palavrinha sobre a sociedade: AH CARA EU CANSEI! Eles querem mandar nos meus conceitos, querem ser os donos da verdade, e ainda acham que sabem o que é certo e o que é errado. Hipócritas e fúteis. é disso que a sociedade é formada. Somos hipócritas enxergando nossos próprios erros nas outras pessoas. Somos tão fúteis a ponto de se preocupar com a roupa que o outro indivíduo usa, se é demasiada curta, ou brega. Se é pra viver em sociedade, viverei em sociedade mas se é pra ser fútil e hipócrita, eu caio fora. 
Espero um dia conseguir ser realmente quem eu sou, um dia em que a sociedade não mais me influenciará, um dia em que a futilidade não me dominará, um dia em que todos possam ser quem realmente são, no dia em que todos formos de fato - irmaos!
Enfim, mais um daqueles posts de desabafo tremendo. Não sei se alguém vai ter saco para ler isso tudo. De cara limpa, e alma translúcida eu finalizo. 
A minha parte eu fiz. 
Thanks for attention 
Bgs Bgs <3

-NAY

E então.

sábado, 22 de agosto de 2009

Por enquanto você está ai.
Pode ser que seja meu melhor amigo, e eu gosto muito de você.
Você sabe. Eu digo eu te amo, porque todos sabem... amigos também dizem EU TE AMO.
Hoje eu não te enchergo como um alguém que eu possa vir a me apaixonar.
Hoje eu sinto algum ciúminho quando você fala das suas garotas, e mesmo assim
sempre te ajudo com elas.
Hoje somos companheiros, e conversamos de homem pra homem e de mulher pra mulher.
Sempre tentamos entender um ao outro, e parece que sempre nos entendamos.
Hoje, beijar você , seria como beijar meu irmão (semchance).
Você sabe dos meus segredos, e das minhas confissões, e apóia minhas loucuras.
Acredita que eu possa ser normal, num mundo que é só nosso.
Por mais que a gente se desentenda, no fim, sempre entendemos um ao outro.
Eu sei que no fundo, todo defeito que coloco nas suas garotas, é por saber que elas
são realmente boas, e comatíveis a você, e sei que tenho medo que algum
dos seus relacionamentos possa vir a dar certo.
Isso tudo eu já sei, mas nao quero acreditar. E também nao acredito que seja verdade.
Mas sei que é.
Prefiro enchergar as coisas de um outro ângulo, assim fica mais fácil não sentir
certos impulsos.
Hoje você é apenas um amigo, talvez o melhor amigo. E um dia
nós dois vamos nos distanciar, talves seja pela faculdade que eu desejo fazer, e
que você nem pensa ainda; Talvez seja por algum relacionamento meu ou sei que
possa dar certo, ao ponto de eu ter que dividi-lo ou até mesmo perde-lo para
outra garota.
Mas um dia, pode ser num supermercado, ou numa fila de cinema.
Você vai estar ali, estaremos muito diferentes, teremos passado por muita coisa
separados, qualquer relacionamento que tivermos não terá dado certo.
E então, você vai olhar para mim, e vai sorrir.
Vai pensar, "nossa como ela mudou, ela está tão.. tão atraente".
E eu vou olha para você e vou pensar: "ele mudou tanto... será que está namorando?"
E então você me chama para tomar um cafésinho...

A chuva que traz...

domingo, 19 de julho de 2009


Yan foi meu melhor amigo durante muito tempo. Ele era diferente de todos os garotos que eu conheci até hoje. Era um garoto lindo, a sua pele era da cor do chocolate e os seus olhos eram tão verdes quanto a grama do maracanã.
Seu cabelo não era liso.
Havia um charme rebelde em seus fios da cor de um chocolate mais escuro, e tão macios quanto o algodão.
Ele não era tão mais alto quanto eu, porém era forte e suficientemente e capaz de me amparar em seus braços me protegendo. Ele me ouvia, me contava coisas que eu nunca imaginava que pudessem ser verdade e conversava comigo o tempo que eu precisava, nunca me virou as costas, e sempre me apoiou em tudo. Ele não era desavergonhado assim como eu, era inclusive muito tímido, não se sentia muito a vontade conversando comigo no meio dos outros.
Eram nos momentos que estavamos sozinhos, que tinham
os as nossas mais loucas e produtivas conversas. Era incrível como o seu ombro curava a minha angústia de choro. O seu sorriso era o sol que me estimulava a viver a vida ! Ele me mostrava o quanto eu era especial, e me ensinou a fazer com que eu gostasse de mim do jeito que sou, me mostrou que é importante o amor próprio. Ele ria das coisas que eu falava, e foi com ele que aprendi a ser descontraída dessa forma, pois na verdade ele era tímido rente as pessoas, mas na minha presença ele se soltava. Para as pessoas que nos rodiavam era como se ele não estivesse ali, como se Yan não fosse real. Talvez ele não fosse mesmo real para os outros, acho que a unica que fora capaz de ver Yan, de conhecer Yan, de ouvir Yan foi eu.
Yan já teve vários nomes, várias formas,vários jeitos.
Não sei quanto tempo cada Yan durou, não sei quando Yan deixou de estar presente n
a minha vida, não sei nem quando Yan começou existir.
Sei apenas o quanto foi importante ter um Yan na minha vida mesmo sendo de mentirinha. Não acredito que esse Yan exista completo em apenas uma pessoa, na verdade os amigos que tenho juntos num todo, podem até formar um Yan, ou não.
Quem me trouxe a lembrança de Yan hoje, foi a chuva, que me deixou impossibilitada de entrar no meu mundo virtual, fiquei sem Tv, Sem Net, Sem PlayStation e com o telefone e o celular fora de linha.
Confesso que tinha certeza que meu dia seria um tédio, mas no chão, la fora
brincando com gotinhas de água e escutando a chuva cair, certas lembranças, me vieram á tona, Yan foi a principal delas, juro que tentei ressucitar Yan dentro de mim, mas acho que perdi a chave que abre a porta do bazar dos sonhos no reino das fantazias. A chuva continua caindo, mas agora em um outro ritmo, mais calmo como o de uma música. Não é mais o som das trovoadas nem da água que predomina agora, e minhas lembanças começaram a esvair-se, ouço apenas o barulho do chuveiro, da tv do resto da chuva...

E nada mais.

O homem normal, destrói seu própio lar.

sexta-feira, 10 de julho de 2009


Hoje eu descobri, que não basta estar viva para viver.
Eu sou um alguem singular, no meio de denominadores tão comuns, não por fazer fatos extraordinários, ou possíveis bens á humanidade. Ao contrário, não faço nada além do que não faria, faço tudo motivada por quem me guia. Posso parecer estranha, não na aparência física, mas pelo jeito que adotei de ser. Fisicamente não sou bonita, isso já é um ponto pacífico. Minha beleza, está nos olhos de quem me observa. Quem me olhar com simples olhos humanos, nada encontrará, sou tão comum como qualquer outro ser, porém se me olhares com certos olhos, olhos que nem todos os medíocres humanos possuem, poderá enxergar além. Engraçado que quem não possui o poder de entender a minha mente, deduz que a diferente sou eu, que a estranha sou eu, que a anormal sou eu. Mas será que alguém que apenas segue o seu próprio modo de viver, acredita em suas próprias verdades ou teorias, faz nao o que tem de fazer, o que seria mais viável, áqueles que a julgam, mas sim segue um rastro de conciência e o que faz, faz movida pela razão ou pela emoção, que tenta entender a mente humana, que diz coisas absurdas não pra esse alguem mas sim para aqueles que não possuem o poder de entende-la, que pensa não o que está na cabeça da maioria e sim o que está na cabeça desse alguem, será mesmo que essa, é a pessoa anormal da história? Sim eu estou falando de mim, a tão chamada anormal. Não entendo. Não entendo, como essa grande maioria prefere viver no tal do comodismo, e esquecem as próprias vontades, e decide seguir o ritmo da maioria. Não acho isso certo. Há dois tipos de pessoas no mundo, e uma não se mistura á outra. Como diz o rei Bob Marley, "há pessoas que amam o poder, e outras que tem o poder de amar". Parei para pensar ,quais os motivos do mundo ter chegado no estágio que está. Cheguei a uma conclusao de que os males, são movidos pela sede de Poder. O ser humano, corta uma árvore que o ajuda a respirar, somente pelo lucro que obiterá com aquela madeira. Pessoas que se dizem normais, constroem bombas atomicas, somente com o intuito de se dizerem mais poderosas.Aquelas pessoas que possuem o poder de amar, amam primeiramente o simples fato de estarem vivos, de terem tudo de graça pra viver, essas são as pessoas que poderão salvar o nosso planeta. Não sei bem a qual grupo pertenço, mas prefiro estar do lado daqueles que acreditam que um dia a vida vai mudar,e que não somente acreditam mas fazem algo para isso. Gosto de levar a vida á serio, mesmo sorrindo, mesmo brincando, sendo somente eu. Particularmente não acho justo, EU ser chamada de anormal ou louca, isso não me incomoda tanto, é até engraçado, porém não me conformo que pessoas que se dizem normais, contribuam tanto para a destruição da própria espécie, de seu próprio mundo. Pessoas assim, são dignas de pena, mais do que aqueles que vivem alienados e não dizem coisa com coisa, os assim chamados loucos. Louco é quem destrui o próprio lar. Louco é quem não sabe amar. Eu tenho medo dos humanos, um rosto simpático não quer dizer mais nada. O mais difícil para mim, é ter de crescer para o mundo me notar. Nao confunda isso com fama, não sou tão fútil ao ponto de fazer algom bom somente para ser notada. Eu gostaria de ter o poder de entender melhor a mente do ser humano. Sou diferente ao ponto de não estar preocupada com o meu próprio umbigo. Garotas da minha idade se preocupam com cabelo, maquiagem e namorado. A avulça da história sou eu. Creio que esses problemas são fúteis, e a solução deles não terão efeito se um dia tudo estiver acabado. Queria poder gritar pro mundo, e ir á luta. Tenho vontade de lutar pelo que acho justo, o que me faltam são as armas. Não, não armas quimicas, o que está mais na moda, e nem armas letais, e sim armas do bem, armas que poderão ajudar a quem tem a mesma vontade, á lutar por um mundo melhor, um mundo em que o que prevaleceria não é a vontade de ser melhor que o outro ou ter mais poder, seja la qual tipo de poder, mas sim um mundo em que as pessoas pudessem evoluir, pensar em seus atos, fazer tudo movido pela vontade de ser melhor do que si próprio. Não quero apenas sonhar com um mundo novo, quero poder construí-lo. Eu desejaria que meus amigos se preocupassem mais com a nossa vida daqui a 20 ou 30 anos, e não com coisas fúteis que confesso, até eu me preocupo ás vezes. Esse é um sinal humano, e eu sou apenas uma humana, fraca, que tem o poder de pensar, o poder de amar (talvez), e que acredita que um dia o ser humano vai poder evoluir novamente, e não retroceder cada vez mais até o fundo do abismo, como estamos vendo hoje.
Isso tudo pode ser meio vago, e não pertencer á minha realidade. Mas pertence, e eu irei fazer o que me for possível, e nunca deixarei de ter esperanças.

Por Nay.

Eu nunca vou te abandonar *-*

terça-feira, 7 de julho de 2009

A minha videnha estava um caos. Seério, eu tava sem tempo pra nada ! :O
Ainda mais agora que sou Dj na Radio Zuum, putz, zero hora !
Estou de férias da escola, isso poderia significar um alivio. Menos para mim.
Ta bom, me chama de nerd, diz que eu nao sou normal, que eu sou louca e tal, mas eu juro
estou a menos de uma semana em casa, e não tô aguentando mais ! Eu quero voltar pra escolaa :(
Isso é muita Nerdisse mas é verdade. To com saudade de tudo e de todos. Até daqueles professores rabujentos que eu tanto amo. A viagem á sampa não vai da certo :/. Domingo vai ter churrasco do
pessoal da minha classe, e eu estou intimida a comparecer, e está aqui em pac e adm, no domingo.
Carol, e Jaque, nao vai ser dessa vez nosso reencontro (oashaiohsoiah'). Vai ficar pra próxima.
Agora tenho que esperar até o dia 23, o dia marcado pra recomeço de aulas \o/.
Bom agora que eu estou livre, sem provas, e coçando o bumbum a toa, axo que vou poder permanecer mais constante aqui. ESPERO .
Ah eu estou escrevendo uma história. Bom ela já teve 4 ou 5 começos, os 2 primeiros eu mostrei para algumas pessoas, mas eu desisti daqueles começos, e de alguns outros, e agora to escrevendo em secreto (nao mais secreto agora), tá meio bagunçado a história, porque metade está num caderninho aí jogado creio eu debaixo da minha cama, e o resto ta no pc. Tenho que arrumar tudo direitinho, e continuar a pique escrevendo mais uma historia inutil :)
Quem sabe um dia se eu termina-la eu não deixo voces darem uma olhadinha? ou talvez não..
Mwhahaha'

D.H to com xodadi de conversar com você, e presta atenção, se eu abandonar meu blog de novo, puxa minha orelha e me obriga a atualiza-lo okey?
Jaqueeeeeeee minha companheira de blog e de Rádio, a melhor DiJeia (Dj) UAHUAHUAH' ,vc é maraaaaa *-* FAAAAAAAAATO. /

Beijoo pra quem visita e comenta, beijãao pra quem tem coragem de ler as inutilidades desse blog, kiss kiss kiss
Luv us ♥

Por Nay

Uma super aula com Robert e Jhon

sábado, 13 de junho de 2009



-Oi Robert
-Olá Jhon !
-Robert...
-Diga, Jhon..
-ãan... é que tipo...você gosta de comer maracujá?
-Opa, do Maracujá eu só não comi a Mara ! :D
-ãan?.. aah deixa pra lá. E tipoo o que a gente faaz, quando, tipo assim, o pau.. sabe? tipo..
quando ele nasce torto?
-Simples, á uma solução para tudo. Ja ouviu falar em : TREPA DE LADO MEU FILHO ! (o famoso deladinho)
-Huun, entendii !
-Hehe! :D
-Ô robert...
-Sim?

- E sobre a tal da reforma ortográfica, vc ja aprendeu algo?
-Claro que sim !
-O que?
-Jamais trema em cima da linguiça!
- Ooh! (o.O') Legaal.
-Sim...

-Robert diga o que vc acha sobre a felicidade, o que devemos fazer para "a gente" ser feliz?
-Simples, sempre dizem que a felicidade vem das coisas mais pequenas. Pois bem. Olhe para seu pinto e seja feliz! -Ooh! (o.O') realmente...
- Hehe! :D
-O Robert, e é verdade mesmo que tudo, tudinho mesmo tem um fim?
-Claro que sim, só a salsicha que tem dois!
-Ah é verdade..
-Hehe :D

-Robert, a mamãe de jesus nao fazia sexo neh?
-É verdade, Jesus foi comcebido pelo espírito santo. Esse é um dos motivos de minha revolta! (>.<)
-Mas por que Robert?
- AH jhon.. se nem Jesus admitia que sua mamãe fizesse sexo, por que eu tenho que concordar com isso?

-Nossa, realmente é verdade Robert!

- E não é? (--')
- Robert me dê um conselho?

-Sobre o que exatamente Jhon?
-Sexo...
-Huun... Jhon nunca gaste todo seu dinheiro em viagra, se não você pode ficar duro!
-Huun okeey Robert !

-hehe :D

-Robert, esses dias o Deoclínidio me chamou de burro porque eu nao sabia quanto era 9999 x 78795 !
-Poh Jhon, não ligue, deixe ele para lá e continue pastando!
-Okeey robert!
-Hehe :D
- Ai Robert, ultimamente tenho me sentido tão culpado!
-Aah Jhon não encana, culpa é que nem pinto, você põe em quem você quiser!
-hehehe e nao é?
-Claro!
-Estou meio chateado comigo mesmo.
-Por que Jhon?

-Porque eu nunca peço desculpas.Me desculpe mas eu sou assim!
-Aiaiai.

-Robert, como é subir na vida?
-Huun, imagine um peido Jhon.
-Sim imaginei.
-Era pra imaginar não para soltar! >.<

-Me desculpe.
-Okeey continuando..Agora imagine um arroto.

-Só imaginar Né?
-Sim... (--')
-huun...
-Simples!

-Não entendi!
-O Arroto é o peido que subiu na vida!
-Aaaaah táa! entendii!
-Uffa' --'
-Aah Robert eu queria tanto ser um herói.

-Aah Jhon, herói é o covarde que não conseguiu escapar.
-Serio?
-Claro!
-Huun..

-Hehe :D
-Sabe Robert, me disseram que Tv engorda!

-Claro, Jhon. Mas isso depende de quantas TV's você come!

-Hey Robert. Você não trabalha, nao é mesmo?

-É, eu não trabalho :D

-Huun você deveria trabalhar Robert.Dizem que trabalhar não mata ninguem.
-É realmente... Mas eu prefiro não arriscar. Certo?
-Aaah siim..
-Hehe!
-Hey Robert. Por que eu não posso beber?
-Porque beber é coisa para adulto. E para crianças com carteira de identidade falsa...
-Ahá!
-Hehe :D
-Sabe Robert, eu ouvi falar... que os psiquiatras afirmam que 1 entre 4 pessoas tem alguma deficiência mentaal...
-Oh Jhon!Então, fique de olho em três dos seus amigos. Se eles parecerem normais, o retardado é você!

-Será?

-Boom..
-Okeey ! hahaha
-:D

-Hey Robert, por que é que você sempre sorri quando tudo dá errado?

-Normalmente porque eu já sei em quem por a culpa.
-Ahhh..
-Hehe...

-Robert, quando você disse para eu dar todo o meu dinheiro á você porque o mundo ia acabar, boom.. você estava mentindo não é mesmo?

-Oohh, claro que não! Eu apenas estava escrevendo Ficção com a boca!
-Robert porque você não vai á igreja?
-Ahh porque eu não quero ficar 2 horas sentado escutando as diferentes maneiras de como eu vou para o inferno.. -Ooh!
-hehe :D
-Hey Robert você gosta de futebol?
-Não... eu prefiro totó humano!
-Huun..
- -.-'

-Robert, por que eu nunca vi você bebendo água?Só breja..

-Aaaaah porque eu nao bebo água? Poh, porque os peixes TRANSAM nela (argh)
-Serio?

-Ãnhaan..
-Robert é verdade que tudo que é bom dura pouco?

-Claro que nao! Se fosse assim eu ja deeveria ter morrido a muito tempo.
-Ah é verdade!
-Claro...
-Okeey entãao Robert eu vou embora!

-Ta bom Jhon, vou pegar minha nave espacial e dar um rolé por ai.. até mais :D
-Você tem?
-Claro, ou você acha que vim até aqui andando?
-aah.. o/

By: Nay

Felicidade Mode on

quinta-feira, 11 de junho de 2009

Hoje eu acordei extremamente feliz.
É uma coisa rara, pois geralmente eu acordo com muito, mas digo, muuito mau humor meesmo!
Mas hoje nao, hoje foi diferente, acordei com um sorriso no rosto (percebi isso ao me olhar no espelho).
Li um pouco de crepusculo e viajei na minha imaginação que por sinal é muito fértil, e fiquei tentando imaginar se lindas histórias de amor como da Bella e do Edward realmente existem.
O amor é belo, então axo que qualquer história que envolva o amor deve ser portanto linda da mesma forma.
Meu tio, minha tia, e minha prima chegaram de sampa hoje ! Eu estava de camisola e a cara totalmente inxada, pois nem tinha saido da cama enquanto lia.
Eu nunca canto pela manhã. Mas hoje eu cantei! Cantei, cantei, cantei! Com o meu rádio no volume máximo me puis a cantar (não pense, "coitados dos vizinhos" >.<).
Hoje aquele ditado, "quem canta os males espanta" se valeu para mim.
Qualquer coisa ruim que poderia estar dentro de mim foi embora, e deu espaço á essa felicidade tremenada que estou sentindo agora.
Juro que ainda não sei o motivo dessa felicidade, mas parte dela é por eu estar me reaprocimando de alguem que um dia ja fez parte de mim. Eu estava mau por ter perdido contato com esse alguém, um alguém que por mais coisas que possam ter acontecido com a gente, foi muito especial na minha vida. Claro, até o momento em que perdemos contato.
Estou feliz por, pela primeira vez em meses ter podido conversar, olhando nos olhos (e nao no msn), com esse alguem. Isso valeu muito para mim. Eu e ele, ainda nao conseguimos entender o motivo dele ter feito algo por mim ontem. Mas eu gostei!-uhauauhahahauh-.
Eu estar assim tão feliz hoje, nao siginifica que eu nao seja feliz a maioria dos dias de minha vida. Ao contrario, todo mundo sabe que mesmo quando eu estou mau,ou triste com algo, eu procuro esconder esses sentimentos ruins, e assim tento tambem transmitir alegria mesmo que eu não á esteja sentindo, às pessoas que estão ao meu redor.
Geralmente eu vivo com a alegria in mode on, e esse é uma das minhas melhores e poucas qualidades.
Confesso que nesse momento só estou sentindo falta de uma coisa, algo que eu mesmo sem saber sempre senti falta. Algo que eu acreditei que eu pudesse viver normalmente sem precisar disso. Não, não é de um namorado. Hahá.É de outra coisa, que eu acredito que seja mais importante na minha vida do que um namorado. Mas não estou afim de falar sobre isso. Não agora. Pois se eu começar a falar nesse assunto eu vou entrar em um momento Emo, e esses momentos emos são famosos pela felicidade In mode Off, então vamos parar por aqui.
Não ache estranho se você me ver com um sorriso bobo no rosto.
Um sorriso é sempre melhor do que lágrimas.
E é por isso, que eu estou feliz!

Aaah o amor !

terça-feira, 9 de junho de 2009



Ahhh o amoor! Complicado. Realmente, muito complicado. Eu sei, tenho plena conciência de que até hoje ninguem nunca conseguiu descrever o amor em palavras, por mais lindas que elas possam ter sido. Na minha filosofia do amor, penso que esse sentimento seja manifestado de diferentes formas, dependendo da pessoa que esteja possuída por ele. Dizem por aí que amor de verdade só existe um! E que ele é para a vida inteira. Bom, EU DISCORDO! Sim eu discordo. Porque veja bem, axo que o amor pode acabar se não for cuidado da devida forma, seja com carinho, e gestos apaixonantes, ou de diversas outras formas.O amor quando tratado de uma forma incorreta tende mesmo a se desgatar e por fim um dia acabar.Mas se for cultivado da forma correta por quem ama e por quem é amado, poderá nunca morrer, e sim cada vez mais aumentar. Vamos comparar o amor à uma semente. Planto a semente em uma terra, que poderia ser fértil ou não. A nossa vai ser fertil. Cuido da semente Aguando-a, adubando-a, e protegendo-a. Dessa forma a semente poderá crescer com mais facilidade. A semente cresce, e vira uma planta, que posteriormente pode chegar a ser uma grande árvore que dará frutos e consequentemente mais sementes, e o ciclo tende a se refazer. Acredito que assim possa ser o amor. O amor pode não nascer de uma maneira súbita, como a tal da paixão a primeira vista. O amor a gente conquista, e para conquistar tem que fazer como a história da sementina, plantar o amor em terra fértil, pois sendo não fértil ele não terá chances de crescer, ou seja, dependendo da pessoa a quem se quer conquistar todo o trabalho poderá ser em vão.Cuidando do amor para que ele cresca, pode ser com simples gestos, e com muito carinho. Se o amor for semado de uma forma verdadeira e digamos assim, correta, ele pode crescer a simples sementina pode se tornar uma grande árvore, ou seja, o carinho inicial, pode dar espaço á um grande amor. Mas não posso generalizar a minha filosofia para todos os casos. Há pessoas que não recaem com um gesto de amor, e que muitas vezes esnobam quem mais às amam. Acho que eu amei uma pessoa fortemente e verdadeiramente apenas uma vez, digo, amor de verdade, amor de paixão, diferente daquele amor de amigo, pai, mãe ou irmão. Eu sofri muito por causa desse amor, pois eu ainda era muito nova quando tive pela primeira vez esse sentimento, tão... tãao.. tão complexo! O amor é descrito de uma forma muito linda, por Camões (adaptado por Legião Urbana)

Amor é fogo que arde sem se ver;
É ferida que dói e não se sente;
É um contentamento descontente;
É dor que desatina sem doer;
É um não querer mais que bem querer;
É solitário andar por entre a gente;
É nunca contentar-se de contente;
É cuidar que se ganha em se perder;
É querer estar preso por vontade;
É servir a quem vence, o vencedor;
É ter com quem nos mata lealdade.
Mas como causar pode seu favor
Nos corações humanos amizade,
se tão contrário a si é o mesmo Amor?

Amor é uma coisa Louca, ás vezes muuito irracional, não que quem ame seja louco,mas quem ama apenas tende a deixar a loucura que cada um tem guardado dentro de si se expandir a novos horizontes.

Dia 12 esta ai, e para quem já encontrou a sua cara metade, sua alma gêmea, e afins, e para quem está principalmente ao lado da pessoa amada e que consequentemente é também muito amado, desejo um feliz dia dos namorados, e não só no dia 12, mas que você e o seu amor possam ser felizes por quanto tempo esse amor durar.

Para todos que leêm o que eu escrevo, semeêm a semente do amor.
É a semente que rende os melhores frutos da vida !

ps: Se vc ama alguem, fale! Corações podem ser partidos por palavras nunca ditas. '(:

by:Nay

Pinga de posto

terça-feira, 2 de junho de 2009


Foto: Camila preparando a caipirinha :)
Extaasee!
Olha, eu confesso que pinga de posto realmente não me faz bem. Se eu não começo a filosofar, eu passo mal. E foi o que aconteceu. Ai meu Deus, por que que eu fui inventar de tomar aquilo? Talvez seja porque eu estava sob o efeito da vodka.E a vodka acabou... Apelei para a pinga. Se é que da pra chamar aquilo de pinga. Achei mesmo que eu podia abastecer o carro com aquilo. Enquanto eu estava somente sob o efeito da caipirinha com vodka que me deixa no máximo tonta, eu me lembro de tudo, exatamente tudo! Até lembro de algumas filosofias que eu fiz, e que a Camilia e o Joh tiveram o prazer de escutar. Joh e Cah, assistiram meu showzinho que durou das 4h da manha ate as 7h. E me deram a maior força, quando a Pinga começou a me trazer uns efeitos colaterais. Juro que após o momento em que eu peguei a pinga de coroti que estava jogada no chão e abri com a maior dificuldade pois eu ja estava meio tonta, e depois tomei tudo no gargalo purinha, purinha, eu me recordo de exatamente nada. Tudo o que sei, foi o que me contaram e o que eu vi na gravação que fizeram. Sim, tiveram a cara de pau de filmar minha decadência. Mas nããão seus espertinhos, vocês não irão ter o prazer de ver essas cenas horrorozas que mais parecem um filme de terror estrelado por me! Ai que Horror meu Deus, eu não quero nem imaginar nas verdades que eu devo ter soltado pra Cah e pro Joh escutar. Eles disseram que eu disse que eu amo o Adolf Hittler porque ele é o cara! vê SÊ Pódii ! É, só pode ser fim de carreira mesmo viu. Não pensem ai que eu com 14 anos já sou uma alcoolatra. Eu não costumo beber, e quando bebo é socialmente, menos a dizer por essa última vez. E espero que seja a ultima, não quero ver mais pinga de posto na minha frente por um bom e longo tempo. Quando eu bebo eu boto tudo para fora, quando eu digo tudo, é TUDO MESMO! Desde as mais secretas verdades, até tudo o que eu tinha bebido e comido. Vomitei a alma. Foram exatamente 6 Vezes. Estão dizendo que estou sob o efeito da pinga até agora. INTRIGA DA OPOSIÇÃO. Eu estou perfeitamente bem.Só não estou conseguindo andar em linha reta por que, por..que...ãan.. hic hic !

O que eu quero ser quando crescer?

quarta-feira, 27 de maio de 2009


Eis a pergunta que quase todo mundo ja ouviu ou ja fez... O que você quer ser quando crescer? Primeiro que eu não tenho certeza se vou crescer muito mais não. Não que eu seja alta, ao contrário sou baixinha. Aah mas eu confesso que quero muito, mas muito mesmo crescer um pouco mais, e digo crescer não só no tamanho mas também profissionalmente, seja la qual for a profissao que eu queira seguir, e essa é a real intenção de quem faz essa pergunta...Saber qual profissão gostaríamos de seguir quando tivermos a idade de decidir isso. Então vamos lá. O que este simples e inútil ser quer ser quando crescer? Ja fiz mil testes vocacionais e eles pendem para diversas áreas. talvez seja pelo meu crescente amor por: Leitura, Redação, Música, Matematica, Filosofia, História, Números em geral, alguns estudos científicos, relações pessoais, ajudar os outros, resolver os problemas dos outros, apoiar os outros, ser uma líder nata, lingua estrangeira (ingles e espanhol), artes cênicas, me expressar, etc.. Ai meu Deus me dê uma luz. Resta saber no que eu REALMENTE sou boa e no que eu REALMENTE gosto de fazer. Olha o estranho paradoxo: tenho muita facilidade na matemática devido ao kumon / Tenho uma grande facilidade em escrever e criar e me expressar devido ao meu gosto e conhecimento pela leitura. Já pensei em ser de tudo: Cientista, Matematica, Filosofa, Professora, Historiadora, Artista, Engenheira aeronautica, Diplomata, Astronauta, Bióloga, Médica,Traficante, Bailarina, Trapezista de circo, Motorista de Caminhão, Piloto de Avião, Presidente da República, Cantora, Escritora de livros, Poetiza, uma segunda Mulher Maravilha, Criadora de Animais,Fazendeira, Apostadora, Mágica, Mãe de Santo, Piloto de fórmula 1, Jogadora de Futebol, e muitas outras inimagináveis profissões. Muitas pessoas dizem que eu tenho capacidade e qualidade pra fazer os mais diversos cursos superiores nas universidades federais e estaduais que eu quiser, e disseram para eu escolher algo que me renderá dinheiro no futuro, no qual eu me suceda bem. Mas pensei comigo, será que eu serei feliz e terei sucesso profissional fazendo não o que eu gosto, e sim o que acham que seja melhor para mim?Dinheiro realmente é o melhor prazer? Dinheiro compra felicidade? Tive uma conclusão e decidi que tenho tempo para pensar nesse assunto (menos de 3 anos), não acho que eu deveria deixar para a ultima hora como faço sempre, mas eu tenho certeza que devo fazer algo não que me deixe rica porém pouco feliz, e sim escolher uma carreira profissional na qual eu seja boa, goste do que fazer, e o mais importante que eu tenha prazer no que eu escolher apra fazer e ser acima de tudo feliz fazendo o que eu faço (ou vou fazer).

E você? o que quer ser quando crescer?

Primeiro amor

sexta-feira, 22 de maio de 2009

Primeiro amor a gente nunca esquece,
Houve um tempo em que eu fazia versos
e aí está a historia do meu primeiro amor
que terminou em dor, ou melhor...
Nao terminou
Todinha em forma de verso.

Meu menino



No dia em que nos conhecemos
Éramos duas crianças
Portanto nós sabemos
Não tinha a troca de alianças
Foi em uma festa na cidade
Estávamos lado a lado
Por causa da nossa idade
Não sabia que seria meu amado
Meu coração não sabia o que era amar
Entao o que podíamos fazer?
Brincar falar, brincar falar!
Eu não tinha idéia do que iria acontecer
Foi uma noite animada
Você era tão legal
Não me deixou desanimada
Momento super astral
Depois que fui embora
Não o esqueci nem um momento
Tentei te procurar lá fora
Mas você desapareceu no vento
E pouco tempo depois
Descobri onde você estava
Fiquei muito alegre, pois
Era na minha escola que você estudava!
Lembrava perfeitamente do seu rosto
E da sua voz de garoto
Mas não lembrava seu nome
Que mancada enorme!
Quando te vi na escola
Brincando com seus amigos
Fiquei meio anciosa
Queria ter-lhe comigo
Tomei coragem e fui lhe falar
Cheguei perto a voz não saiu
Petrifiquei com o seu olhar
Você apenas riu!
Mas se lembrou daquele dia
Em que te conheci
Nos meus olhos você via
A espera que vivi,
Nos pusemos a conversar
Sobre tudo que vinha a cabeça
Tanto eu tinha pra lhe falar
Essas coisas eu não esqueço.
Todos os dias na escola
Eu conversava com você
Quando acabava a aula
Eu corria pra lhe ver
Eram tão perfeitos os dias
Que eu passava contigo
Eu já não queria mais sair
De perto do meu menino.
Uma vez nos dois conversando
Uma idéia surgiu de repente
Juntos então combinamos
Que tal um piquenique num dia quente?
Fui para casa tão anciosa
Só nos dois que emocionante!
Cheguei na sua casa
Seu pai estava lá
Eu não sabia o que falar
Ele então me perguntou:
Menina linda, amiguinha do meu filho?
Meu rosto avermelhou
E meu menino tão tranqüilo falou:
Vamos passear pai
Eu e ela só nos dois
Vai ser legal não vai?
Voltamos depois!
Meu coração batia forte
Não bem sabia por que
Tamanha era minha sorte
De ter meu menino, você!
O dia foi perfeito
A conversa animada
Com você o dia inteiro
Não queria mais nada!
Os dias com meu menino
Passava que eu nem via
Ate que um dia me lembrei
Um ano a mais ele fazia
Mudar de escola ano que vem?
Não! Não posso ficar
longe do que me faz bem
Mas sim...Ele partiu me abandonou
O encanto se perdeu
Mas e o nosso amor?
Deu no que deu?
Era mesmo amor?
O que eu sentia por ele?
Agora com essa dor no coração
Eu sei qual é a razão
Eu estava apaixonada
Só isso mais nada!
Mas a historia não terminou
Mesmo sem o seu amor
Eu fiquei aqui sozinha
Procurando uma razão
Pra seguir sempre na linha
Mas sem você eu não queria não
Tentei me acostumar
Com essa falta do meu menino
Tentei ate conversar
Mas não dava, do mundo eu tava sumindo!
Já não tinha mais graça
Ir pra escola todos os dias
No recreio eu corria
Te procurava mas...
Não te via!
Não te encontrava
E os meus dias não passava!
Você desapareceu
E com você morreu
O nosso amor
O que fica é a dor
De ter perdido
O meu eterno menino!

Momento Insano- ódioo nada além

quinta-feira, 21 de maio de 2009


eu tenho medo de dar tudo errado
logo percebe-se olhando os fatos
parece que mais nada vale a pena
sou grande ao mesmo tempo tao pequena
um furacao esta tomando conta de tudo
misturando céu inferno e o mundo
e o ódio que me consome agora
a todo minuto sempre a mesma hora
vou dilatar todo o universo
me espalhar por ai em forma de verso
as vezes tenho medo do que eu mesma digo
tenho pavor de ficar a sós comigo
nao sou inocente nao vivo alheia
em tudo que sempre me rodeia
muitos nao sabem do que eu sou capaz
me desconheço olhando para traz
eles me julgam a todo momento
sem olhar o que se passa aqui por dentro
parece que o sol se apagou para mim
na escuridao da noite sigo a estrada sem fim
talvez ela me leve onde ninguem jamais chegou
sempre em frente e é assim que eu vou
mesmo sem força nao paro de lutar
perdi muitas batalhas mas essa eu vou ganhar
tenho muita fé naquele que me guia
nao mais me deixará passar por outras agonias
eles dizem que eu nao sou normal
que eu sou tao louca, doida, e tal
mas tudo que faço é por ser eu de verdade
nao mais me escondo da extrema realidade
convivo com pessoas que nada sabem da vida
que aprenderam apenas remoer velhas feridas
eu acredito no dia depois de hoje
pior, talvez melhor que começa depois das 12
talvez ninguem entenda o que eu quero dizer
fiz o meu melhor e lembre-se TEM QUE VIVER
Essas palavras tiveram algum sentido em um breve momento de ódio profundo. Momentos perigosos. Tanto para mim como para quem vive ao meu redor. Não tenho muito o que falar sobre isso. Uma observação. Enquanto escrevia essas palavras havia um choro em mim, chorava de ódio. Minhas melhores idéias nascem do ódio. Tenho a impressão que a parte cinzenta de meu cérebro é estimulada com maior intensidade, atrazvéz de sentimentos muito fortes, como o ódio profundo, o amor enlouquecedor, a tristeza depressiva a loucura insensata e o Psicicopatismo momentâneo no qual sou vítima de mim mesmo. Não quero parecer muito emo, e também não quero que duvidem que tenho 14 anos. Preciso me desligar por hoje desse mundo virtual, tenho prova de química para dar uma estudada, coisa que duvido muito que irei fazer, e ainda tenho de terminar de redigir um texto de português. Minha mãe está mandando eu desligar meu computador e juntar minhas coisas que estao espalhadas pela casa, confesso que organização não é meu ponto forte, e meu irmão está me atormentando como é de costume. Já estou mais do que habituada com essa rotina e o mais incrível é que mesmo assim ainda não me acostumei .
Por hoje é só.
Por Nay.

Mais uma das séries filosóficas SER OU ESTAR

terça-feira, 19 de maio de 2009


Ás vezes me pego fazendo filosofia.Faço filosofia. Ser ou Estar. Não, não é ser ou nao ser, essa já existe, não confunda! A minha acabei de inventar agora. Original, originalíssima. Se eu sou, não estou porque para que eu seja é preciso que eu não esteja. Mas...não esteja onde? Muito boa pergunta, não esteja onde... Fora de mim, é lógico. Para que eu seja assim inteira (essencial e essência) é preciso que não esteja em outro lugar senão em mim. Não se você pode entender.. Mas... Não me desintegro da natureza porquê ela me toma e me devolve na íntegra: não há competição, mas identificação dos elementos. Apenas isso. Na cidade me desintegro, porque na cidade eu não sou, eu estou: estou competindo e como dentro das regras do jogo (milhares de regras) preciso competir bem (sem quebrar as regras se possível), tenho consequentemente de estar bem para competir o melhor possível-isso vale pra todos-. Para competir o melhor possível acabo sacrificando o ser (próprio meu, ou alheio, o que vem a dar no mesmo). Mas se sacrifico o ser para apenas estar, acabo me desintegrando (essencial e essência) até a pulverização total (Na sepultura se pulveriza tanto o pobre como o rico). Vaidade das vaidades. Apenas vaidade. Ehh, a conclusão é bíblica, mas responde a todas as perguntas deste mundo desintegrado e confuso. Olha vejam só, os loucos reinando sobre os vivos e os mortos. Dominarão os poucos que conseguirem segurar as rédeas da loucura... Quais? Pulmões e mentes poluídas. Um importante papel está reservado aos psiquiatras. Acho que eu seria mais útil se estudasse medicina. Ou ser uma psiquiátra maravilhosa ! O chato é que quando leio um livro sobre doenças mentais, descubro em mim os sintomas de quase todas, uma psiquiatra por dentro demais da loucura. Salva pelo amor. Mas que amor? Que amor que nao aparece, que nem siquer existe. Não sou bonita nem tenho curvas redundantes, ponto pacífico. Mas meu Q.I... não é muito acima do normal? E sabe.. tenho algum charme. Meio oculto, é certo, mas se procurares encontrarás o ouro escondido na terra.

Boteco totalmente inutil

domingo, 17 de maio de 2009


Sabe, eu tava querendo enxer a cara para afogar as tristezas, esquecê-las..
Da pra abrir a porta aÊ?
Já que o buteco não abre... comprei ali uma garrafinha de plástico,com uma dessas pinga sem vergonha,vagabunda, ali no posto de gasolina... E me fez pensar que o meu carro poderia funcionar com isso :S, claro, se eu tivesse um carro...
Fico pensando... e vasculhando, filosofias inuteis!Só para distrair a tristeza, e sabe que uma frase, Uma bela frase!... Me chamou a atenção :

Eu faço a diferença!
É fazendo merda, que se aduba a vida!

Então acho, que a vida ficou muito mais fértil...
Com a minha existência.


...tah piorando
o.O""

Pelo que eu entendo o universo sempre existiu , o conceito é meio absurdo , mas eu não vejo o big bang como um inicio , mas sim como uma fase , assim sendo , o universo esta em expanção agora(comprovado,comprovadíssimo!-Hic), esta em um movimento retilineo uniformemente variado (comprovado,Comprovadíssimo- Hic Hic), em um dado momento ira parar de acelerar (proposto,é o que dizem -hic),ira começar um movimento retrogrado onde, num outro determinado momento toda a matéria existente estara tão compacta que a pressão e temperatura irão propiciar uma grande explosão (um novo big bang-Hic ) reiniciando o circulo ...é o que eu acho ...assim sendo a lei de conservação de energia é absolutamente válida ...

mas......... perai ?!!!!

se é um ciclo continuo , sera que em uma outra era as coisas não aconteceram exatamente iguais as que acontecem agora ?

hiccc hic
aiai ;~~

agora axo que vou conseguir dormir... ou desmaiar...

ZzzZzzzzzzzzzZzZZzzZzzz

By me