Primeiro amor

sexta-feira, 22 de maio de 2009

Primeiro amor a gente nunca esquece,
Houve um tempo em que eu fazia versos
e aí está a historia do meu primeiro amor
que terminou em dor, ou melhor...
Nao terminou
Todinha em forma de verso.

Meu menino



No dia em que nos conhecemos
Éramos duas crianças
Portanto nós sabemos
Não tinha a troca de alianças
Foi em uma festa na cidade
Estávamos lado a lado
Por causa da nossa idade
Não sabia que seria meu amado
Meu coração não sabia o que era amar
Entao o que podíamos fazer?
Brincar falar, brincar falar!
Eu não tinha idéia do que iria acontecer
Foi uma noite animada
Você era tão legal
Não me deixou desanimada
Momento super astral
Depois que fui embora
Não o esqueci nem um momento
Tentei te procurar lá fora
Mas você desapareceu no vento
E pouco tempo depois
Descobri onde você estava
Fiquei muito alegre, pois
Era na minha escola que você estudava!
Lembrava perfeitamente do seu rosto
E da sua voz de garoto
Mas não lembrava seu nome
Que mancada enorme!
Quando te vi na escola
Brincando com seus amigos
Fiquei meio anciosa
Queria ter-lhe comigo
Tomei coragem e fui lhe falar
Cheguei perto a voz não saiu
Petrifiquei com o seu olhar
Você apenas riu!
Mas se lembrou daquele dia
Em que te conheci
Nos meus olhos você via
A espera que vivi,
Nos pusemos a conversar
Sobre tudo que vinha a cabeça
Tanto eu tinha pra lhe falar
Essas coisas eu não esqueço.
Todos os dias na escola
Eu conversava com você
Quando acabava a aula
Eu corria pra lhe ver
Eram tão perfeitos os dias
Que eu passava contigo
Eu já não queria mais sair
De perto do meu menino.
Uma vez nos dois conversando
Uma idéia surgiu de repente
Juntos então combinamos
Que tal um piquenique num dia quente?
Fui para casa tão anciosa
Só nos dois que emocionante!
Cheguei na sua casa
Seu pai estava lá
Eu não sabia o que falar
Ele então me perguntou:
Menina linda, amiguinha do meu filho?
Meu rosto avermelhou
E meu menino tão tranqüilo falou:
Vamos passear pai
Eu e ela só nos dois
Vai ser legal não vai?
Voltamos depois!
Meu coração batia forte
Não bem sabia por que
Tamanha era minha sorte
De ter meu menino, você!
O dia foi perfeito
A conversa animada
Com você o dia inteiro
Não queria mais nada!
Os dias com meu menino
Passava que eu nem via
Ate que um dia me lembrei
Um ano a mais ele fazia
Mudar de escola ano que vem?
Não! Não posso ficar
longe do que me faz bem
Mas sim...Ele partiu me abandonou
O encanto se perdeu
Mas e o nosso amor?
Deu no que deu?
Era mesmo amor?
O que eu sentia por ele?
Agora com essa dor no coração
Eu sei qual é a razão
Eu estava apaixonada
Só isso mais nada!
Mas a historia não terminou
Mesmo sem o seu amor
Eu fiquei aqui sozinha
Procurando uma razão
Pra seguir sempre na linha
Mas sem você eu não queria não
Tentei me acostumar
Com essa falta do meu menino
Tentei ate conversar
Mas não dava, do mundo eu tava sumindo!
Já não tinha mais graça
Ir pra escola todos os dias
No recreio eu corria
Te procurava mas...
Não te via!
Não te encontrava
E os meus dias não passava!
Você desapareceu
E com você morreu
O nosso amor
O que fica é a dor
De ter perdido
O meu eterno menino!

5 mil comentários:

Nandah disse...

Sempre encontramos um amor que nos faz bem so de pensar nele, é chato quando ele vai embora =/
Minha história é diferente da sua, mas acredito que hoje eu superei ^^

Podolski88 disse...

Sinceramente eu ainda sou inexperiente na matéria de amor... depois de muito procurar, enfim encontrei alguém... no momento estou vivendo o meu chamado "1º amor"!...

E lendo isso... me dá um toque de temor... Existe exatamente o mesmo risco disso acontecer, pois acabaremos em breve nossos estudos... é esperar para algo acontecer e fazer com que não nos separemos... ^^

Sua história é triste... mas agora é superar... levantar a cabeça e ir a caminho da felicidade, existem inumeros homems e mulheres nesse mundo, ele poderia ser especial para você, mas não é o unico especial que pode existir

abraço e boa sorte!

Doki☺Heytor disse...

T________T

fiquei triste, primeiro um clipe no youtube e logo em seguida um desilusão .-.

no meu primeiro amor , eu não tive a chance de falar o que sentia, fui (ainda sou) lerdo², eu sou aquele idiota com ideias romanticas que tenta conquistar antes, e falando serio, isso não dá certo...agora eu vou sair, eu to realmente chateado depois repensar isso .-.

Marcos Vinicius Lima de Almeida disse...

Meu primeiro amor, foi pelo ralo...

Filhas da PUC disse...

Ai, que lindo! Ainda que triste!
AMEI teu blog! O template é muito fofo e os posts são o máximo!
Muito legal mesmo! O nome também é muito original.
Beijoca,
Filhas da PUC
www.filhasdapuc.com